-

sábado, 29 de outubro de 2011

As fichas telefônicas de hoje ....

Ontem, o episódio do anunciado fim da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, e que acabou dando em nada, fez-me pensar em duas coisas...

1. Vocês repararam que nessas duplas sertanejas modernas, o cantor principal se esgoela e é o outro que morre? Foi assim com Leandro e Leonardo, e com Daniel e João Paulo, e até mesmo com Claudinho e Bochecha, se bem que, estamos falando de cantores.... E agora, bem, que bom que não houve o desfecho fatal, mas foi o Luciano que levou um susto e passou um tempo em UTI... E falando em esgoelar, vai chegar o momento em que aquela veia jugular de Zezé vai estourar...   O artista, aliás, é um primor em fazer mal, com resultado bom: canta bem sem saber cantar e toca violão bem sem saber tocar. Veja:
Ele poderia ter aquele mesmo desempenho sem quase estourar todo sistema vascular de seu corpo, trabalhando mais com os músculos abdominais, e com o diafragma, aquela membrana que separa os órgãos digestivos dos respiratórios (ou algo assim) ...
e
Sendo canhoto, e querendo tocar violão, ele simplesmente pegou um violão normal quando pequeno, virou da direita pra esquerda e saiu tocando, com as cordas graves embaixo e as agudas em cima... É admirável, pelo esforço, ele não é o único, mas muito estranho de se ver.

2. A outra coisa  foi justamente a origem deles, magnificamente retratada no excelente filme 'Dois Filhos de Francisco', que conta a saga do pai dos dois filhos de Francisco, hehehe. Emocionou a todos a vida dura da família. E encantou a forma como o humilde Francisco conseguiu fazer com que a música de seus filhos fosse escutada na rádio: gastou todo o seu salário em fichas de orelhão e mandava seus colegas de construção ligarem para as rádios pedindo pra tocar 'É o Amooor' ...

 
 Eu me sinto assim 
   ... a usar as ferramentas modernas 
      ... blogs, emails e redes sociais 
          ... para tentar fazer com que meus filhos 
             ... que abraçaram carreiras duras 
                ... sejam lidos, vistos, ouvidos, reconhecidos
                   ... e até me emociono ...


Um grande abraço a todos

Ah, sim, cumprindo meu papel..

Leia o livro de Renata 
Veja o clipe de Felipe

Agora sim..... Fui!!!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Um Causo Conjugal do Facebook


Num certo domingo, 6 da tarde, o Santos acaba de bater o Palmeiras na Vila Belmiro, por 1x0, gol de Borges. Indo ao Facebook, em minha sanha divulgatícia, a observar quem chega ao bate-papo on line, e quem me aparece?? Um velho amigo, o Fulano, justamente o palmeirense mais ferrenho que eu conheci na vida, e que quase nunca entra no Facebook...

Imediatamente me anunciei e perguntei se a intenção era afogar as mágoas, e ele confirmou, lamentando ter encontrado logo um santista, assim, de cara, para pegar-lhe no pé


Essa introdução foi apenas para apresentar meu personagem...

O Causo


Estávamos ambos, eu e Fulano, à espera de um show da Banda Baleia, poucos dias antes daquele domingo, e entre um assunto e outro, apareceu o Facebook, e ele me contou seus problemas de relacionamento com a rede social.

Depois de alguns meses já inscrito, já com uma centena de amigos, ele resolveu completar seu perfil, declarando ser casado com Beltrana. Detalhe: Fulano e Beltrana são casados há quase 38 anos!

Nos próximos minutos e ao longo dos dias seguintes, Fulano recebeu telefonemas, mensagens de email, ou mesmo no próprio Facebook, de filhos, noras, genros, amigos preocupados com sua situação marital.... O motivo? Veja só como o Facebook anuncia que Fulano é casado com Beltrana:

        "Fulano is now married to Beltrana"

    Fulano não sabe porque o Facebook conversa com ele em inglês...

Então você pode imaginar a enxurrada de perguntas que surgiram, do tipo -como assim?-: 'Você não era casado com mamãe?', 'Essa Beltrana é outra?' ou 'Você casou só agora e nem me convidou pra festa?'

Depois de uns dias se explicando, Fulano resolveu cortar o mal pela raiz  e eliminar de seu perfil que era casado com Beltrana, mas olha só COMO o Facebook declara a novidade:

        "Fulano is no longer married to Beltrana"


Típico caso de 'Pior a emenda que o soneto!'
(ainda tenho que perguntar ao Felipe o motivo deste provérbio musical...)

Pode-se imaginar o inferno que foram os dias seguintes, agora incluindo parentes indignados, amigos gozadores que já imaginavam Fulano ter partido pra outra, dezenas de anos mais jovem, coisas do gênero, até a coisa ser esclarecida...

Enfim, este é o novo mundo das redes sociais...


Homerix Adaptando-se Ventura

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ringo vem aí!!!



Richard Starkey, mais conhecido mundialmente por Ringo Starr, vem ao Brasil em novembro, para vários shows com sua All Starr Band, que ele vem montando bissextamente ao longo de sua carreira solo, com convidados ilustres do Rock'n Roll.

Ringo contribuiu decisivamente para o sucesso dos Beatles, se não por uma excepcional qualidade musical, mas muito pelo seu carisma. Houve épocas em que era o Beatle que mais recebia cartas dos fãs. E a participação dele nos filmes era a mais festejada, sendo o mais histriônico dos quatro. Era o meu favorito, aos 7 anos de idade, e usei muito aquele anel vermelho que ele usava no filme HELP.

Na época beatle, sua contribuição como compositor restringiu-se a duas canções, mas sua presença no vocais foi marcante, cantando várias canções de Lennon/McCrtney, entre elas 'Yellow Submarine' e 'With a Little Help From My Friends' e outros covers notáveis, como 'Boys' e 'Honey Don't'. Além de ser um baterista correto, com um estilo próprio, nada fenomenal, mas bastante competente!!

Aos 71 anos de idade, Ringo continua ativo, e ao lado de sua mulher há 30 anos, Barbara Bach, uma fenomenal Bond Girl, que atuou em  'O Espião que Me Amava'.


Meu conhecimento sobre Beatles é considerável, você sabe... não sabe? Então leia este post:
 http://blogdohomerix.blogspot.com/2011/01/isso-e-que-e-universidade.html

Mas meu conhecimento sobre a carreira solo de Ringo é pífio. Centralizei meu interesse em Paul e John, e muito pouquinho de George. Mas, de Ringo, quase nada...

Então, uso as palavras de meu guru no assunto, para apresentar a carreira solo de Ringo Starr pra vocês. Renato Quaresma é aquele meu amigo que tem 5 mil discos dos Beatles, que esteve comigo no Morumbi, em 2010. Se não sabe do que falo, leia aqui, o relato da aventura:


Vejam as palavras do mestre!!!
__________________________
Considerado pela crítica como o beatle que menos sucesso fez na sua carreira solo, Ringo Starr tem uma discografia relativamente extensa se comparada aos outros beatles, perdendo em quantidade produzida apenas para Paul McCartney, e superando John Lennon e George Harrison.

O baterista dos Beatles continua em plena atividade, tendo lançado até o momento, na sua carreira individual, 16 álbuns de estúdio, sendo o último em 2010.

Em complemento aos 16 álbuns, a discografia do Ringo contém ainda:

Ø      4 coletâneas de seus maiores sucessos;

Ø      8 álbuns de shows ao vivo (com as várias formações da All Starr Band, sendo um deles no modelo Storytellers, onde o artista antes de tocar a música, faz uma apresentação da mesma);

Ø      4 “singles” de músicas inéditas (foram lançados vários outros “singles” com músicas extraídas dos álbuns) e;

Ø      1 álbum inacabado (não lançado e pré-elaborado em 1987, disponível apenas em bootlegs).

Além dos seus discos próprios, Ringo também participou de discos de vários artistas (normalmente tocando bateria); de discos atrelados a projetos beneficentes; e de discos com motivações temáticas, com destaque para o álbum infantil produzido em 1977, intitulado “Scouse the Mouse” (Ringo interpreta várias músicas do álbum).

Deve ser ressaltado que uma grande parte da discografia do Ringo ainda é inédita no Brasil (talvez nunca seja lançada por aqui). Na verdade, vários discos do Ringo são muito difíceis de serem encontrados nos dias de hoje, até mesmo os lançados apenas no exterior, já que a maior parte deles se encontra fora de catálogo.

Creio que isto se deve ao fato de, ao contrário dos outros beatles, o Ringo ter trocado várias vezes de gravadora. Ao todo foram 8 gravadoras diferentes responsáveis pelos lançamentos dos seus 16 álbuns de estúdio, além de uma saída e de um retorno, após mais de 30 anos, para uma delas.

Das músicas gravadas em estúdio e lançadas oficialmente nos álbuns e nos “singles”, 106 têm o Ringo como autor ou co-autor (1 em parceria com o George Harrison) e 11 foram compostas por seus companheiros, sem a sua participação (3 do John, 4 do Paul e 4 do George). As demais músicas que ele gravou foram compostas por terceiros (normalmente amigos próximos), incluindo alguns “remakes” feitos por ele.

A análise da discografia, apresentada a seguir tem ordem cronológica, e engloba os 16 álbuns de estúdio e os 4 “singles” de músicas inéditas, que serão a fonte das músicas a serem selecionadas para a disputa da “Etapa Ringo”.

A Análise da Discografia, acima mencionada, é muito extensa, e posso passar, a pedidos!!! A Etapa Ringo, também mencionada, á a fase que estamos, em nossas análises semanais, no tradicional almoço beatle das quarta-feiras...

Então é isso!! 

Grande Abraço.

Homerix Ressuscitando Ringo Ventura


terça-feira, 25 de outubro de 2011

O trema e a vírgula

Numa reforma gramatical absolutamente inútil, desnecessária e burra, eliminaram o trema de nosso convívio.. Escrevi sobre aquela porcaria neste post:



O texto abaixo, que está na categoria dos que eu mesmo gostaria de ter escrito, descreve muito bem, e com humor, o acbsurdo que foi essa aboliçao, que nenhum homem de bem pediu...

Despedida do Trema
Estou indo embora. Não há mais lugar pra mim.


Eu sou o trema...
Você pode nunca ter reparado em mim, mas eu estava sempre ali, na Anhangüera, nos aqüíferos, nas lingüiças e seus trocadilhos por mais de quatrocentos e cinqüenta anos. Mas os tempos mudaram. Inventaram uma tal de reforma ortográfica e eu simplesmente tô fora. Fui expulso pra sempre do dicionário. Seus ingratos!

Isso é uma delinqüência de lingüistas grandiloqüentes!

O resto dos pontos e o alfabeto não me deram o menor apoio... A letra U se disse aliviada porque vou finalmente sair de cima dela. O dois-pontos disse que eu sou um preguiçoso que trabalha deitado enquanto ele fica em pé. Até o Cedilha foi a favor da minha expulsão, aquele C cagão que fica se passando por S e nunca tem coragem de iniciar uma palavra. E também aquele obeso do O e o anoréxico do I. Desesperado, tentei chamar o ponto final pra trabalharmos juntos, fazendo um bico de reticências, mas ele negou, sempre encerrando logo todas as discussões. Será que se deixar um topete moicano posso me passar por aspas?

A verdade é que estou fora de moda. Quem está na moda são os estrangeiros,  é o K, o W.  "Kkk" pra cá, "www" pra lá. Até o jogo da velha, que ninguém nunca ligou, virou celebridade nesse tal de Twitter, que, aliás, deveria se chamar TÜITER.

Chega de argüição, mas estejam certos, seus moderninhos: haverá conseqüências! Chega de piadinhas dizendo que estou "tremendo" de medo.

Tudo bem, vou-me embora da língua portuguesa. Foi bom enquanto durou. Vou para o alemão, lá eles adoram os tremas.

E um dia vocês sentirão saudades. E não vão agüentar.

Nos vemos nos livros antigos. Saio da língua para entrar na história.

Adeus,

Trema.
GENIAL!! 

Que bom que se esqueceram da vírgula. 

Aqui, veja a importância dela, num texto já um pouco mais antigo, mas de valor, que apareceu na campanha de 100 Anos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa).

Sobre a Vírgula


 Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
 Não, espere.
 Não espere..

 Ela pode sumir com seu dinheiro.
 23,4.
 2,34.

 Pode criar heróis..
Isso só, ele resolve
Isso só ele resolve

 Ela pode ser a solução.
 Vamos perder, nada foi resolvido.
 Vamos perder nada, foi resolvido.

 A vírgula muda uma opinião.
 Não queremos saber.
 Não, queremos saber.

 A vírgula pode condenar ou salvar.
 Não tenha clemência!
 Não, tenha clemência!

 Uma vírgula muda tudo.
 ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Excelente lema da ABI ... pena que não conseguiram evitar o fim do trema!!!




Ah, sim, antes de terminar, um detalhe adicional sobre a vírgula:
A frase abaixo está incompleta... falta uma vírgula!!
Aonde você a colocaria?

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

 
 * Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...
 * Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM.

Abraço


Homerix Ainda Inconformado Ventura


domingo, 23 de outubro de 2011

ABLOCA - Uma Nova Associação


Olá, leitores!!!

Após completar os 50 mil acessos, prometi que a próxima celebração seria apenas aso 60 mil, inaugurando um novo ritmo, de 10 em 10 mil.

Mas aproveitando a passagem pelos 55 mil, e seguindo a média de 6 posts semana, declaro aqui uma intenção!!

Estou pensando em criar a

ABLOCA

Associação dos Blogueiros Compulsivos Anônimos


Até imagino as reuniões dos bloqueiros, em frente a um analista, com os depoimentos daqueles que querem se livrar do vício.


Seria mais ou menos assim...
Meu nome é Homerix, 
e eu já estou há 3 DIAS sem postar um post!!!!

Para aplauso e júbilo dos demais.....

Que tal??!!


Aproveito o momento para fazer mais uma vez  a convocação para que você
PARTICIPE DESTE SITE!!

Para isto, basta seguir o apelo do versinho aí de cima, à direita, logo abaixo do contador de acessos.

Aperte o belo botão

Logo abaixo do poema

E encha de satisfação

Este filho de Iracema!

Em que aproveitei para fazer uma homenagem a minha mãe Iracema, que se foi deste mundo em 1975, aos 51 anos, após seis de padecimento de uma doença degenerativa.

Para alguns, tornar-se meu seguidor será mais fácil que para outros, mas as dificuldades são contornáveis. Se não conseguir, busque apoio dos universitários de plantão, em sua casa ou trabalho.

Vamos lá, faça um esforço!!!

Grande abraço

Homerix Compulsivo Blogueiro Ventura

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Curtinhas da Semana

Estupefamo-nos, logo para abrir a semana, com a declaração do inínclito Sarney dizendo que helicóptero é uma homenagem à democracia, cara-de-pau, e nós, quietos....

Vimos o futuro da Europa nas mãos de uma eslo vaca loura (desculpe, não resisti à piada) que não aprovava uma determinação para tentar salvar os piigs e o Euro. E espantamo-nos por saber que decisões na comunidade do Euro têm que ser tomadas por unanimidade, fazendo com que um meio-país (afinal, quando eu sabia geografia, era metade da Tchecoslováquia) como aquele possa por em risco os outros 16. E enfim, concluímos que eles que são europeus que se entendam... E, a propósito, lembrei-me de um papo sobre piigs, neste link.

Vimos que, em casa ou fora, com ou sem Neymar, o Santos perde... Divertimo-nos por saber que o mesmo Santos pode ser o fiel da balança do futuro dos cariocas desse final de campeonato, pois joga amanhã com o Botafogo, no domingo com o Flamengo, e um pouco à frente o Vasco.... E fecha o campeonato contra o Corinthians... Mas o mais provável é que perca de todos mesmo...
Ainda no futebol, escangalhamo-nos de rir quando lemos que Cruzeiro, Atlético MG e América MG deveriam buscar urgente a consultoria dos chilenos que se especializaram em tirar mineiros do buraco.... (Que inveja que essa não foi minha....). Bem... do jeito que estão as coisas, o Santos pode até tomar o lugar de um deles...


<<<Tivemos o aniversário do Cristo, para o qual fiz um conto (link)....
Lamentamos o passamento do genial José Vasconcellos, para quem fiz uma homenagem (link). >>>

Descobrimos, sem qualquer surpresa, que mais um ministro oriundo do governo passado está com a Ficha Suja... e tudo começou com o caso compra de uma tapioca com cartão corporativo, lembram-se, em 2008? Cortar o mal pela raiz resolveria!!!



Finalmente, assombramo-nos com a violência da explosão que matou três pessoas no Rio de Janeiro, entre elas um pobre bancário de camisa branca que passava na frente do restaurante no exato momento. Coisas do destino... 





Era isso!!
Homerix Repórter Semanal Ventura

    sábado, 15 de outubro de 2011

    Outubro é Rosa

    Ontem, 14 de outuro, terminou a novela global 'Morde & Assopra', na Globo, que entre robôs e dinossauros,  consagrou de uma vez por todas a atriz Cassia Kiss, com um desempenho espetacular, como Dulce,  a faxineira-vendedora-de-coco-na-praça que sustenta o filho sacana. Suas cenas eram sempre esperadas, tocantes, marcantes, emocionantes. Nesta última semana, além do próprio e costumeiro show, deu oportunidade a seus companheiros de mostrarem seus dotes artísticos. Dentre eles,  o jovem Kleber Toledo, no papel de seu filho Guilherme, na cena da despedida. Mas dou destaque absoluto para Adriana Esteves, no papel da paleontóloga Júlia, na quarta-feira, dia 12, em cena que merecia um Emmy, que faço questão de descrever, e compartilhar: 
    Dulce é submetida a uma laparatomia exploratória, em que se descobre que está com câncer terminal, mas nada se conta a ela. Ela, no entanto, percebe a verdade pela reação de todos, e depois foge pra sua casa. Júlia, sua grande amiga, vai a seu encontro, Dulce pede apenas para que não minta pra ela, e Júlia se debulha em lágrimas, num choro compulsivo, confirmando a suspeita. Dulce também chora levemente e apenas pede que Júlia segure sua mão quando for a hora.
    Quem quiser se emocionar clique aqui! 
    Eu chorei de novo, ao assistir de novo, quando encontrei o video para anexá-lo aqui.

    Bem, tudo isso, para notar que estamos em outubro. O mês de outubro tem a cor rosa desde 1920, e em vários países no mundo. A prevenção ao câncer de mama centra no décimo mês do ano, e em nível mundial, a campanha de conscientização para o diagnóstico precoce da doença, que é possível e pode salvar.

    E por que a ligação entre as duas coisas?

    É porque há 22 anos, justamente Cássia Kiss, ainda no viço de seus 30 anos, fez uma campanha histórica aparecendo com seios desnudos, ensinando as mulheres a fazerem o auto-exame da mama. A propaganda é um marco definitivo e é considerada como um divisor de águas na prevenção do câncer de mama. Foram 30 segundos que salvaram muitas vidas, principalmente de mulheres humildes, que jamais foram a um médico, jamais foram orientadas, e que viram ali, na TV, uma aula de como se identificar os pequenos caroços que poderiam ser fatais.




    E porque estamos em outubro, é hora de lembrar que é possível prever, diagnosticar, e curar a doença. A sociedade se mobiliza. Caminhadas, eventos, iluminação de monumentos acontecem por todo o país. Um laço rosa é o símbolo da campanha!!






    Em Santos, minha querida cidade natal, a caminhada é neste domingo, amanhã, 16 de outubro.

    No Rio, minha querida cidade adotada, é no próximo domingo, dia 23 de outubro, como sempre, em Copacabana.

    Então, esteja onde estiver, vista-se de rosa você também, quando for a hora!!!


    Homerix Arroseado Ventura

    sexta-feira, 14 de outubro de 2011

    Maria Vida Maria

     
    No Dia da Criança, um FBF (Facebook Friend) me alertou para ir ao seu mural assistir a um vídeo...
    Nove minutos depois, eu compartilhei, escrevendo estas linhas abaixo.
    Espetacular.... Escrevo estas linhas com os olhos marejados ... e o nariz fungando.. de verdade... 
    Que ciclo é esse? E assistimos a tudo calados!!!

    Com o dinheiro e as riquezas que temos, se esvaindo para o bolso de uns poucos. Esse filme poderia passar no agreste do Maranhão, aonde seu Sarney tem seu império.

    Em setembro, teve uma passeata contra corrupção aqui no Rio, e foram 3000 pessoas. Eu estava lá, e registrei no blog.

    Neste domingo, teve uma passeata contra a homofobia no mesmo Rio de Janeiro, com 1.000.000 de participantes....

    Temos o que merecemos!!!
     
    É mesmo uma Vida Maria!!!
    _________________________________________________

    Minha publicação teve 5 compartilhamentos e comentários emocionados.

    O video que motivou estas palavras e comentários é este aqui: 
    http://www.youtube.com/watch?v=2QFKzrsBd0s&feature=related

    É uma animação gráfica de 2006, criada por Márcio Ramos, e foi o filme mais premiado de 2007 .... e eu só conheci agora...



    Não deixe de ver!

    E a música de fundo, então? Marcante, crescente, envolvente! Ouça bem alto!

    E quão apropriada foi a iniciativa de meu FBF Lauro, ao publicar este video no Dia Das Crianças!!! Que futuro têm essas milhares de crianças retratadas na personagem Maria José ... ou de Lourdes ... ou Das Dores ...ou da Conceição?

    Um futuro cada vez mais destinado a ser mais do mesmo.

    Naquele mesmo dia, algumas tímidas passeatas aconteceram em umas poucas capitais, Rio, São Paulo, com não mais que duas mil pessoas, e Brasília, uma honrosa exceção, com 20 mil, ainda assim pouco... (segundo O Goobo, "2 mil foram às ruas em Copacabana; em São Paulo,de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-SP), 1 mil; em Recife, segundo a PM, 800; em Salvador, também segunda a PM, 600; em Curitiba, segundo organizadores, 300; e em Porto Alegre, 50")

    Somando todas elas, foi menos de 1/40 do contingente daquela passeata contra a homofobia em Copacabana. Se contar então a participação carioca nos dois eventos, a de domingo deu de 500 a 1 na de 4º feira.... Essa minha cidade adotada....

    Não dá pra entender...


    Precisamos procurar esse pessoal pra ensinar como se mobilizam multidões...




    Homerix Emocionado e Burro Ventura




    sexta-feira, 7 de outubro de 2011

    Invasão no Facebook!

    Das Boas!
    Das Bem-vindas!
    Das Nobres!
    Das Criativas!
    Das Divertidas!

    Uma campanha simplezinha, mas bonitinha!

    Desde o dia 4, os facebookers vem sendo instados a colocarem, como foto de seu perfil, um personagem de desenho animado ou de revista em quadrinhos, até o dia 12, que é o Dia da Criança, como forma de protesto, denúncia, contra a violência infantil!! 'Uma forma de nós mesmos relembrarmos nossa infância que foi maravilhosa e buscar o mesmo para as crianças de hoje', como vi escrito por alguém!

    O importante é DENUNCIAR! O e-mail da Polícia Federal para denunciar é crime.internet@dpf.gov.br. denuncie qualquer tipo de abuso, por menor que seja



    Então, é essa a invasão!!!




    É claro que o fato de você mudar uma foto numa rede social, assim isoladamente, não vai diminuir o número de ocorrências de abuso infantil pelo mundo. Mas quando centenas de milhares de pessoas tomam essa atitude, a coisa toma um vulto considerável. E foi o que aconteceu no Facebook.

    Desde então, entrar no Facebook e se comunicar tem ficado mais divertido. Em lugar das costumeiras fotos dos usuários no Bate-papo On line, ou nos comentários e publicações, agora o que se vê  é Johnny Quest,  Picapau, Mulher Maravilha, Jetson, Flintstones, Formiga Atômica, As Super Poderosas, Zé Colméia, Winnie The Pooh, Scooby-Doo, Penélope Charmosa. Legal que de vez em quando aparecem uns que a gente não tem a menor ideia do que se trata. No meu caso, posso me garantir em dois períodos: dos desenhos da época de minha infância, lá entre 1962 e 1972, depois tem um período em branco e aí volto a saber das coisas por conta da infância de meus filhos entre 1990 e 2000. Mas não tem problema, entra-se  no bate-papo, pergunta-se, fica-se sabendo. E dá uma ideia da idade dos participantes... Desde que estejam sendo sinceros, claro...

    Minha escolha inicial foi o Fantasma, o Espírito Que Anda. Seu anel de caveira, seu cão Capeto, seu cavalo Herói,s ua namorada Diana, seus amigos pigmeus, sua 'idade' de 400 anos, povoavam minhas tardes chuvosas, em meu quarto, junto com TIo Patinhas, Superman,  e, claro, os livros de Monteiro Lobato. E tinha Mandrake, e mais tarde, Homem de Ferro, Namor, Thor e seu Martelo, Demolidor. Li muito gibi!!! E atribuo ao hábito um pouco do meu bom escrever de hoje.

    Como a campanha vai até dia 12, vou homenagear também os desenhos animados. O primeiro será Bee-Beep, aquele do pobre coyote que tentava inutilmente alcançar o pássaro veloz. Até hoje me provoca gargalhadas... apesar de ser cruel... ao mesmo tempo um exemplo da máxima:  Não desista de seu sonho, jamais!! Procure a próxima padaria! Certamente, haverá espaço para mais preciosidades Hanna Barbera, como Bibo Pai e Bobi Filho, Manda-Chuva e Batatinha e Guarda-Belo, Leão da Montanha, Lippy the lion anda hardy har har, Pepe Legal, tantos, tantos....

    Abraço

    Homerix Beep-Beep Ventura

    quinta-feira, 6 de outubro de 2011

    Steve Jobs, Good Bye!

    Gente, que pressão!! Esse negócio de postar um texto todo dia e confabular no Facebook é muito dinâmico!!!

    Quatro amigos perguntaram se eu não estava com a bala na agulha pra um post sobre Steve Jobs....

    Eu estava pensando em fazer um sobre a gracinha e seriedade da campanha contra a violência infantil que incentivou os facebookers a trocar suas fotos do perfil por algum personagem de desenho animado... 
    ... fica pra amanhã ...

    Tinha pensado em falar sobre uma oração de Ghandi que aprendi outro dia ... 
    ... fica pra depois de amanhã...

    Pois tenho que falar do Steve Jobs...

    Mas o que falar dele? Um cara que cria o micro-computador, cria o mouse, uma empresa como a Apple, sai da empresa por desavenças, e de leve,  no intervalo, assim, como quem não quer nada, cria apenas a PIXAR, e  depois vende a PIXAR por bilhões, e volta para a Apple para transformá-la na maior do mundo. Gênio é pouco.


    Mas no meu caso pessoal, afetou menos que a outras centenas de milhões de pessoas.

    Não sou um Jobs additcted, Jobs dependant!

    Não tenho IMac, não tenho IPad, não tenho IPod, não tenho IPhone, o máximo que chego é num restaurante quando IPed um Ipin frito, de vez em quando...

    Não tenho quase nada a acrescentar ao que já se está falando... e não vale ir à Wikipedia pra pesquisar...

    O que posso dizer é o que aprendi num curso sobre tipos de liderança.

    O estilo de SteveJobs de ser centralizador, e ter controle sobre tudo torna-se um perigo para a Apple: Quando ele esteve fora, uns anos atrás, ao saber de sua terrível doença, as ações da empresa despencaram. É a liderança centrada no líder!!

    Por outro lado, sua grande co-irmã atua de modo diferente. Veja que Bill Gates abandonou o barco da Microsoft pra fazer caridade pelo mundo e a ações seguiram seu caminho normal. É a liderança centrada no processo!!

    O que acontecerá agora? O pior é que a perda acontece imediatamente após o fiasco que foi o lançamento do IPhone 5, que acabou se mostrando um 4,5 no máximo, que foi apresentado por um cara sem o menor carisma.

    Tempos difíceis chegando?

    Pode ser, mas acho que as bases que ele criou, e plantou na Maçã, vão  superar esse momento difícil.

    O mundo perdeu um gênio, inventor, inovador, visionário, revolucionário, que mudou a vida de milhões de pessoas.

    Um pouco menos a minha...

    Talvez eu até pense em ter um IPad, quando chegar a versão 5, que resolva o problema do teclado....  IPhone, jamais! 

    Antiquado eu, não? 

    No momento, não me atrai absolutamente, não me dá tesão, não tenho a me-nor vontade,  ou intenção, ou plano, de abandonar meus teclados tradicionais,  aqueles que fazem barulhinho ao teclar, tanto no notebook em que vos escrevo, quanto no blackberry, meu companheiro de todas as horas. Seria muito menos eficiente na escrita. E eu não posso me dar ao luxo de ser ineficiente, escrevendo um post todo dia, aliás, até quando vão me aguentar nessa volúpia, até quando vou suportar essa pressão auto-imposta, que faz terminar o texto, da mesma forma que comecei...

    Pronto, escrevi!!!

    Homero ISad mas não IDead Ventura

    quarta-feira, 5 de outubro de 2011

    Tem kiança pá bincá?

    Participar do Facebook tem me proporcionado emoções múltiplas.

    Agora há pouco, antes de ir dormir, fui dar uma olhada se havia publicações novas de amigos de Colégio Santista, e me deparei com esta foto:



    E me emocionei!!! Ela me lembrou momentos de minha infância profunda. A foto é mais ou menos da época... dá pra ver os fusquinhas ... e o pocuco movimento de veículos.

    Trata-se da Praça da Independência, na bairro do Gonzaga, em Santos, aonde a torcida do glorioso Santos Futebol Clube comemora seus inúmeros títulos. 

    Morei no Edifício Independência, aquele em curva, à direita , até os 10 anos de idade, no oitavo andar. Eu corria por seus corredores em curva dos fundos, que unia os 12 apartamentos de cada andar, e batia nas portas de serviço de cada um deles, perguntando:
     
    Tem kiança pá bincá?

    A Praça, em 2008... à esquerda, o meu edifício
    E, quando eu não encontrava 'kiança pá bincá', me divertia jogando por cima da mureta daquele corredor, que era mais alta que eu, coisas como um garfo, uma faca, uma maçã, um sapato, uma bola, um livro, ou mesmo algum enfeite de casa, só pra ouvir o 'baúio' que fazia quando chegavam lá 'imbáxu', batendo no teto curvo pintado de preto do Cine Independência. Eu sabia como era pois meu pai e meu irmão, 13 anos mais velho, me levantavam no colo, para ver por sobre a mureta. 

    Neusa só me conheceu alguns anos depois, quando eu já não fazia aquelas insanidades....

    Ah, esse Facebook....

    Homerix Viajando no Tempo Ventura


     

    terça-feira, 4 de outubro de 2011

    Baleia também é autoral




    A Banda Baleia tem seu repertório de shows caracterizado por um mix de covers inteligentes /diferentes com material próprio.

    No primeiro grupo, pode-se ouvir uma canção cantada por Louis Armstrong que dizia 'Let My People Go', como se fora Moisés ao Faraó Ramsés; pode-se ouvir re-leituras diferentes de clássicos pop de Justin Timebrlake e Britney Spears; e pode-se ouvir misturas inusitadas como uma medley de Dave Brubeck com Radiohead.

    No segundo grupo, material de própria lavra de boa qualidade..

    Em junho, a Banda Baleia lançava seu primeiro video-clipe, para um relativo sucesso de YouTube (mais de 20 mil acessos) e ótimo índice Homerix (mais de 20 comentários).  Confira aqui, neste link!!! Era um cover de Justin Timberlake. Chamou até a atenção do Chongas, que elegeu-o como a Música de um certo dia de agosto!! Veja aqui, neste link, os comentários da comunidade Chongas!!!

    Agora, chegou a vez do segundo grupo: lançaram ontem um clipe de uma música própria, a canção 'Killing Cupids', imagens numa casa quase abandonada no Joá, sons gravados em um estúdio legal.

    Vejam como ficou:



    Nem bem foi lançado, e horas depois mereceu um bom review do Portal MTV (O clipe do grupo carioca tem uma cara de A Banda Mais Bonita da Cidade, ou seja, uma sacada simples, esperta e jovem, só que gravado numa antiga casa já sem móveis, só com estrutura. A instrumentação vai de violão a violino e a música é bem aplicada, o som que produzem é um tanto quanto atual e vale ouvir mesmo pra quem prefere uma coisa mais clássica) .

    E mereceu uma segunda publicação no Chongas ( Feche os olhos, ok.. espere a música começar senão você não vai conseguir ler o post ou clicar no botão do play do vídeo, mas a idéia é se você só ouvir a música, não vai acreditar que é feita por brasileiros, e muito menos, tão jovens. Música boa de ouvir, e caprichadamente tocada cheia de violino, piano e umas baquetas na bateria de galho de árvore). Aqui, o link!


    Ah, sim, como o Felipe está meio escondido na foto aí de cima,  aparecendo somente sua expressiva sobrancelha, divulgo esta, em que  ele aparece bem descontraído, tocando seu instrumento, tirada durante as gravações na casa abandonada. 

    Ah, sim! Repare um momento Felipe, no minuto 1:15 do clipe. Nem ele havia reparado. Foi alertado por Renata.

    Abraço


    Homerix Pai de Um Baleia Ventura